quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Vida!



É interessante observar os movimentos de nossas mudanças interiores. Nem sempre sabemos identificar o nascimento da inadequação que gera todo o processo. O fato é que um dia a gente acorda e percebe que a roupa não nos serve mais. Como se no curto espaço do descanso de uma noite a alma sofresse dilatação, deixando de caber no espaço antigo onde antes tão bem se acomodava.
 É inevitável. Mais cedo ou mais tarde, os sonhos da juventude perdem o viço. O que antes nos causava gozo, aos poucos, bem aos poucos, deixa de causar.

(Trecho do livro "Tempo de Esperas"
imagem daqui 

 

27 comentários:

  1. Profundo,lindo e verdadeiro esse trecho escolhido,Lena!
    Mudamos,as coisas mudam com o tempo,mas não podemos perder a alegria em nós,senão estamos "raladas",rs bjs praianos,chica

    ResponderExcluir
  2. As mudanças existem, como diz o texto, "é inevitável"...só o que nos resta é nos adequar a elas.
    Um lindo texto Lena!
    bjus!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lena!
    Hoje vim voar aqui e prestigiar esse belo trechinho. É bem assim mesmo... as mudanças vão acontecendo e nem notamos a velocidade.
    Abração minha querida e lindo dia.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro deve ser muito bom, pois o trechinho é super interessante e me agradou! Abração!

    ResponderExcluir
  5. Oi Lena. Concordo com o texto mas também acho que outras coisas surgem para substituir as coisas deixadas pelo caminho. A vida é assim, tudo muda, muitas vezes para melhor. Mas nos faz refletir. Aproveitar tudo o que temos em cada momento de nossas vidas. Beijos
    Joana

    ResponderExcluir
  6. Olá Lenalima!
    Escolheu muito bem essas palavras.
    Muitos passam pela vida tão distraídos que sequer percebem as mudanças!
    Tem também os que não percebem que existe alguém além dos seus umbigos!
    Abraços!

    VitorNani & Hang Gliding Paradise

    ResponderExcluir

  7. Passei para uma visitinha.
    A vida é simplesmente preciosa... um presente de Deus em qualquer fase!

    Ótimo fim de semana, amiga!
    Beijinhos.
    ⋰˚هჱ

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lena!
    Mudanças... Ainda bem que com o tempo apuramos alguns sentidos, enquanto os outros vão se esvaindo.

    Olha, respondi sobre o sal amargo (magnésio); vá conferir!
    Você pode comprá-lo a quilo, na Net. Numa banheira (inclusive de nenê), pode banhar-se toda, atingindo parte das costas para melhor absorção. Com a água que sobra, regue as plantas, pois o magnésio é adubo natural. Tenho certeza que sua artrose melhorará.
    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Só por esse trecho,senti vontade de ler o livro, afinal estamos sempre em constante mudanças.
    Sônia

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Só por esse trecho,senti vontade de ler o livro, afinal estamos sempre em constante mudanças.
    Sônia

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Lena, gostei demais deste texto!
    Sabe, vou sentindo assim, mas sempre tentando encontrar alternativas para compensar as mudanças que vão ocorrendo ao longo do tempo;))!
    Por exemplo: retomei o gosto pela fotografia que estava adormecido;))!
    Aproveito para agradecer o seu comentário, com palavras sempre generosas.
    Beijinhos e uma boa noite.
    Ailime

    ResponderExcluir
  12. OI Lena, profundas palavras, a vida é assim passa rapidinho. Bjs

    ResponderExcluir
  13. Estou sentindo essas mudancas, mas eh a vida...
    Deixando de causar...
    Adorei o seu texto, Lena!
    Bjs e uma tarde de paz!

    ResponderExcluir
  14. Oi Lena, lindo texto. Estamos sempre em mudança, algumas coisas deixam de ter interesse mas outras surgem. Eu gosto das mudanças e de descobrir coisas e formas novas.
    Bjs
    Joana

    ResponderExcluir
  15. Oi Lena, é a Vi, o texto falou tudo, porque com o tempo, mudamos nossas necessidades, nossos anseios, e nossos desejos e sonhos passam ser outros.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  16. olá...mulher abençoada...

    que espaço encantador...amo pássaros...
    te seguindo...posso? desjoo voltar com tempo...
    amo ler....que seu fianl de semana seja de muitas alegrias.

    ABRAÇOS.

    ResponderExcluir
  17. Como é bom chegar aqui!
    Sentir o aroma do alecrim e ouvir os pássaro.
    Um alegre fds para vc!

    ResponderExcluir
  18. Como é bom chegar aqui!
    Sentir o aroma do alecrim e ouvir os pássaro.
    Um alegre fds para vc!

    ResponderExcluir
  19. É sempre bom voltar aqui, e ouvir esse som lindo acompanhada de uma bela reflexão.. Bjs

    ResponderExcluir
  20. Uma bela e verdadeira reflexão. A vida é feita de constantes ajustes.
    Um beijinho de Portugal

    ResponderExcluir
  21. Também concordo que vamos mudando com o tempo. Texto muito verdadeiro.
    Mas nem sempre é para pior. Muitas vezes vamos nos dando conta do que realmente importa e vamos ficando só com as partes mais interessantes.

    ResponderExcluir
  22. Pura verdade mas ainda assim temos a oportunidade de envelhecer .... Bj Lisette.

    ResponderExcluir
  23. Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento.
    Afinal a vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.
    Linda e maravilhosa postagem seguida de um poster único, a retratar a verdade em suas palavras contidas.
    Ja estou a te seguiur desde ja, convidando-a a fazer o mesmo em uanderesuascronicas...
    Um big bj, vou esta sempre aqui

    ResponderExcluir
  24. Es cierto, el tiempo nos va haciendo entender las cosas de otro modo.
    Gracias por la visita, Lenalima, me sumo a seguirte.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Olá, Lena,
    O processo cirúrgico pelo que passou é difícil, mas você é guerreira e superadora. A vida nos surpreende com obstáculos difíceis, testando nossa garra.
    "Como se no curto espaço do descanso de uma noite a alma sofresse dilatação, deixando de caber no espaço antigo" - até me fez sorrir a comparação, mas é mais ou menos isso.
    Os sonhos perdem o viço, tal e qual nossa pele. Não é fácil. Mas a gente abre o sorriso e respira fundo e vai levando, Lena.
    um bjn amg nesse coração

    ResponderExcluir

Fico feliz que estejas aqui a comentar!